segunda-feira, 12 de outubro de 2009


Feliz "Dia das Crianças" Fifi!!!!!















*Muitos Beijinhos*
Vuvu e Vovóti...

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Niver de 1 ano da pequena

video

No dia que eu nasci...

Estava um dia maravilhoso e minha mãe bem faceira.
Passeamos a tarde inteira com meus avós e o papai...


A noite as parteiras foram em casa me avaliar, eu tava bem feliz no meu cantinho mas já pronta pra nascer, minha mãe meio preocupada pois eu já estava com 41 semanas e nada....


A equipe de parto até falou de uma possível cesariana. Ai pensei, opa isso não, e foi só elas virarem as costas para eu dar o alarme de que tava na hora.

Agora minha mãe conta o resto...

"Toda vez que penso em meu parto e naqueles momentos fico emocionada, não tem como ser de outra forma pois é mágico e diferente de tudo que já vivi. Desde as primeiras contrações até o nascimento foi tudo muito intenso e um turbilhão de sentimentos me confundiam, eu sentia a dor mas ao mesmo tempo pensava que aquilo era tudo que eu desejava. Eu sentia segurança e também medo de não conseguir. Eu dizia ao meu companheiro que não aguentava, mas sabia que era só medo e que estava tudo bem. As contrações me pegaram desprevenida, mas aprendi a lidar com elas e conforme o tempo passava, fui me condicionando, fiquei muito envolvida nesse processo e quis ficar sozinha, compenetrada mesmo.


Meu parto foi muito rápido, durou 4 horas. Quando as parteiras chegaram eu já estava com 8 de dilatação, foi só o tempo de encherem a piscina. Quando penso no parto, sinto novamente aqueles momentos de delicadeza, de força perante o nascimento, de confiança e coragem.

Hoje me sinto forte e tenho a certeza que passei pela experiência mais importante de minha vida.

A nossa filha é linda, calma e forte. Tenho certeza que o parto em minha casa, com aquele clima de amor e confiança foi fundamental e continuará contribuindo para seu desenvolvimento psíquico e emocional. (04/08)

Daqui há dois dias ela estará completando um ano e meio, relendo este depoimento me sinto satisfeita e inspirada novamente pois a Íris está cada dia mais esperta e nos surpreendendo com suas tiradas novas. Taí a família que não nos deixa mentir, Vuvuuuú, Vovóti, Uouó, Didi, e um monte de Tias e Tios...

Esta ninhada da nova geração são todas felizes e aprontadeiras... paridas em casa.

Beijos à todos visitantes;

Jéssica Leite